Paralelo entre educação permanente em saúde e administração complexa

Simone Coelho Amestoy, Mariana Cabral Schveitzer, Betina Hörner Schlindwein Meirelles, Vânia Marli Schubert Backes, Alacoque Lorenzini Erdmann

Resumo


A educação é um processo político, no qual a sociedade opera de forma constante sobre o desenvolvimento da pessoa, com intuito de integrá-la ao modo de ser vivente. O estudo representa uma reflexão-teórica a partir de um paralelo entre as diretrizes da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde e os princípios norteadores da Administração Complexa. A partir de um breve resgate bibliográfico, buscou-se contextualizar a Política, bem como essa nova forma de administração baseada na autonomia, cooperação, agregação e auto-organização. Defende-se que esta aproximação entre educação permanente e administração complexa poderá facilitar a realização do cuidado em enfermagem e saúde, bem como as atividades gerenciais, impulsionar a autonomia, além do crescimento pessoal, profissional e organizacional.


Palavras-chave


Educação; Administração; Autonomia pessoal; Enfermagem.

Texto completo:

PDF


ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447